PCD Condutor x Não Condutor. Entenda as diferenças

17 de outubro de 2020

Categoria: CNH Especial

O PCD Condutor já é uma realidade no Brasil. Muitas pessoas com deficiência começaram a entender sobre os seus direitos e estão indo em busca deles. Por isso, pode-se se dizer que o PCD condutor é cada vez mais presente no Brasil.

Quando esta procura começa a ser realizada, é comum que surjam muitos questionamentos. Uma das principais dúvidas está em torno da diferença entre o PCD condutor e o não condutor.

Para que todas as indagações sejam sanadas, é necessário entender as principais características que envolvem tanto a compra de carros com isenção quanto a CNH PCD. Continue a leitura e tenha todas as dúvidas tiradas.

 

Quais são as características de um PCD condutor?

 

De uma forma bem clara e direta: o primeiro requisito é ser portador de deficiência. Lembrando que, diferente do que muitos pensam, o portador de deficiência não necessariamente possui a perda da mobilidade.

É a partir dessa constatação que iremos abordar e explicar o que é o PCD condutor.

Basicamente, o PCD Condutor é o cidadão que possui algum tipo de deficiência que não seja um impedimento para que conduza um veículo. Lembrando sempre que ele deve possuir a CNH PCD.

Em alguns casos, para que possa conduzir um veículo,  algumas adaptações  precisarão ser realizadas. Por esse motivo, existem diversas marcas e modelos de carros PCD.

Os carros PCD, além de diminuir ou aplicar a isenção de alguns impostos, podem ser adaptados para se adequarem às necessidades do condutor. A ampliação de bagageiro ou o aumento dos ajustes do banco e direção são bons exemplos dessas mudanças.

 

Quais são as etapas necessárias para a obtenção da CNH especial?

 

A carteira de habilitação nacional especial apresenta algumas diferenças da tradicional. O principal ponto é a necessidade de o condutor possuir algum tipo de deficiência.

Para que a patologia seja comprovada, é preciso realizar um exame médico.  O profissional irá elaborar um laudo de acordo com as características físicas encontradas e avaliará se compromete ou não a mobilidade.

O documento deverá ser entregue ao despachante de confiança para que o restante do processo seja feito. As próximas etapas serão básicas e iguais ao modo padrão.

O condutor deverá realizar a prova teórica e prática. Em alguns casos pode ser que precise de um veículo adaptado. Portanto, vale encontrar uma autoescola com carros PCD.

Tendo a aprovação nas etapas citadas, basta esperar o prazo estipulado para que a carteira nacional de habilitação especial chegue.

 

cnh especial

 

Entendendo a diferença entre o PCD condutor e o não condutor

Após esta breve explicação, acredita-se que as diferenças já estejam mais claras. Antes de mostrá-las, veja uma pequena lista de patologias que podem dar o direito à CNH PCD e também a compra de carros com isenção:

 

  • Quadrantomia
  • Reumatoide
  • Nanismo
  • Lifoma
  • Alguns tipos de cânceres
  • Artrose
  • AVC
  • Hérnia de disco
  • Poliomielite
  • Tendinite crônica

 

São mais de 40 tipos de patologias que podem ser englobadas. A pequena lista apresentada pode ser usada para identificar a variedade de deficiência que dão os direitos citados.

Em alguns casos, é possível que o portador de deficiência não consiga realizar movimentos capazes de conduzir um veículo. Incapacitando-o de realizar as etapas necessária para obter a CNH PCD. Mas será que nestes casos, o cidadão não terá a possibilidade de comprar um veículo com isenção de taxas? Mesmo possuindo alguma das patologias que fazem parte da lista que concede este direito?

Sim, desde que uma pessoa responsável dirija por ele.

Veja exemplos em que a patologia impede o PCD de conduzir o veículo:

 

  • Tetraplegia
  • Autismo
  • Cegueira
  • Paralisia cerebral
  • Síndrome de Down

 

Passos para um não condutor comprar um carro PCD

 

Entendido o que é um não condutor PCD, chegou a hora de explicar como também pode usufruir dos direitos. Lembrando que o laudo médico também deverá ser feito nestes casos.

Assim como já falado, somente o médico tem a habilidade legal para afirmar se o cidadão possui ou não algum tipo de deficiência. Para que o processo tenha andamento, o requerente deverá ir até a Receita Federal ou a Secretaria da Fazenda do Estado.

É interessante que algumas documentações já estejam em mãos para que o processo seja agilizado. Geralmente, todo o trâmite demora cerca de 90 dias.

O não condutor deverá ter uma pessoa responsável para dirigir o veículo.

Contratação de uma empresa especializada

Por mais que a explicação dada faça parecer que todos os passos são fáceis, é preciso muito cuidado. Por esse motivo é sempre bom buscar ajuda profissional.

Contar com uma empresa com experiência em todos os processos, fará com que muitas adversidades sejam evitadas. A Fox Isenções e Seguros é a melhor escolha e pode ajudar quem está em busca dos seus direitos.

A empresa possui um grupo de profissionais especialistas no assunto. Atendendo todo o Estado de São Paulo, ajudando também quem precisa tirar a primeira CNH especial ou realizar a mudança da habilitação padrão.


Gostou? Compartilhe!