Entenda a vistoria veicular e saiba quando deve ser feita

07 de abril de 2022

Categoria: carros com isenção, Vistoria Veicular

Você tem algum veículo? Então, já teve que fazer uma vistoria. Todo cidadão proprietário de automóvel, motocicleta ou caminhão deve realizar a vistoria veicular.

 

Vamos entender mais sobre este assunto?

 

Entenda a vistoria veicular

 

Nós, como humanos, necessitamos sempre fazer um check-up da saúde em determinado momento, certo? Basicamente, o que faz a vistoria veicular, pois verifica se tudo em relação ao seu veículo está correto.

 

São realizados procedimentos pelos fiscais a fim de verificar as condições de circulação e atestar sua existência. A avaliação também compreende testar os equipamentos obrigatórios e conferir se a documentação é autêntica.

 

A propósito, a vistoria valida quem é o proprietário legítimo e desvenda se as características originais foram alteradas e estão regulares. Caso não, é necessário regularizar nos órgãos responsáveis.

 

Quando devo fazer a vistoria?

 

Em suma, a vistoria é realizada para que veículos irregulares não trafeguem livremente, é um monitoramento regulatório de seu veículo.

 

Resolução 466/2013 do DENATRAN, a vistoria serve para as seguintes questões essenciais, como:

 

  • Transferência veicular e legitimidade da propriedade;
  • Se as características originais dos veículos e seus agregados foram modificados;
  •  Mudança de município e autenticidade da identificação e sua documentação;
  • Se os equipamentos obrigatórios estão funcionais;
  • Caso seja transporte coletivo, é necessário fazer anualmente.

A vistoria veicular de transferência visa garantir a segurança de pedestres e ocupantes de veículos nas estradas brasileiras.

 

Com ele, busca-se evitar acidentes causados ​​por falhas na condução do veículo.

 

Além disso, a vistoria certifica-se de que apenas veículos que cumpram as normas nacionais de trânsito estejam em circulação.

 

Essas regras são em relação ao Detran SP. Logo, se você for de outro estado, é necessário verificar no órgão de sua região.

 

Vistoria X  Inspeção Veicular: qual a diferença?

 

Com certeza você já deve ter acreditado que a vistoria e inspeção são a mesma coisa. Mas está enganado.

 

A vistoria é uma ação veicular apenas visual e com menos aprofundamento. Apesar de simples, os fiscais apenas com um “bater de olho” conseguem identificar irregularidades que não são aceitas no trânsito.

 

São situações com menos modificações veiculares e com muito mais ênfase na questão das documentações e legitimidade de propriedade.

 

A vistoria é mais benéfica para evitar fraudes e que o veículo tem uma boa procedência, principalmente se você for fazer uma transferência. Dessa forma, os novos proprietários podem ter certeza de que não terão problemas.

 

a inspeção veicular é muito mais técnica. A inspeção é necessária quando há uma alteração estrutural no automóvel.

 

Técnicos e engenheiros usam diferentes equipamentos para fazer uma avaliação bem aprofundada na estrutura do veículo. São profissionais que têm registro no Conselho Regional de Engenharia e Arquitetura (CREA).

 

Como fazer a vistoria veicular?

 

Você precisa fazer a vistoria? É necessário procurar o Detran do seu estado, onde o veículo está registrado.

 

As etapas desse processo dependem dos fatores que impulsionam a vistoria. No caso de mudança de endereço, é mais simples.

 

Basta apresentar cópia e original do seu RG, CPF e comprovante de residência em um Posto de Atendimento ao Detran ou Distrito Regional de Trânsito (Ciretran) do seu estado.

 

Haverá uma taxa para emissão do CRV e vistoria. Os detalhes deste procedimento variam de acordo com o estado. Em alguns casos, os agendamentos prévios devem ser feitos pela internet.

 

Quanto ao local da vistoria, pode ser no próprio ponto de atendimento, ou no caso de São Paulo, por exemplo em uma empresa de vistoria credenciada (ECV).

 

No caso da vistoria por transferência de propriedade, o processo é mais complicado e burocrático. Primeiro, o verso do CRV deve ser preenchido com as informações da transação e do vendedor.

 

Tanto o antigo quanto o novo proprietário assinam o documento, com firma reconhecida em cartório.

 

No entanto, você pode transferir seu veículo sem se preocupar. Para isso, basta entrar em contato com a Fox Assessoria de Trânsito! Além disso, com apenas alguns cliques, você pode entrar em contato conosco.

 

Assim, nossos especialistas em transferências de veículos auxiliam em tudo o que é necessário para tais procedimentos.


Gostou? Compartilhe!